Visualizações

05 maio 2006

31



Girândola
ROGERIO SANTOS

os mil mundos
que moram em mim
orbitam em sol
solfejam em si

são acordes
quando durmo
são sonares
quando aprumo

4 comentários:

Anônimo disse...

emocionante...obrigado!
(Pituco)namaste

vαℓéя!α tαяeℓhσ disse...

divina inspiração...

Wanda Ayala Martins disse...

Os mil sois que orbitam em mim estão a reflectir sobre ti toda a luz da amizade que mora em mim.
Beijos Poeta

Anônimo disse...

os mil mundos que moram em ti...são mágicos.
Beleza de poema.Parabéns!
Sou sua fã, faz muito tempo.