Visualizações

21 abril 2009

218




Holofotes
ROGERIO SANTOS

jogo luz na tua luz
clara sina
faróis
numa esquina da vida

jogo luz na tua luz
para que...
...quem sabe
um relance

jogo luz toda luz
e quem brilha produz
pra cegar provocar
pra bater e ir embora

apelo na pele
atento ao detalhe
e aos pequenos entalhes
dos poros

por cima
por baixo
por dentro
de lado
de costas

porque você sabe
e eu sei
de segredos

segredos segredos
tão bons brinquedos

ficam muito melhor
quando tesos letais
holofotes

Um comentário:

Adriana disse...

realce, relance, holofotes altos...tons e luzes, teu poema cheio de imagens.gostei.