Visualizações

31 agosto 2012

Aniversário de 7 anos !!!



7 anos. Coisa do destino.
Hoje meu livro vivo de poemas e letras faz exatos 7 anos de existência. 380 textos criados e postados durante esse ciclo. Em média, um a cada 7 dias. Por incrível que pareça, hoje faremos as provas finais para a capa e o encarte do CD "Crônicas Paulistanas", obra totalmente baseada em minhas letras e poemas. Obra concebida aqui, ao longo desses 7 anos. Por aqui também, inúmeros poemas publicados no livro da tribo e várias antologias. É uma data especial demais. Fazer amigos ao criar e espalhar poesia é uma função que aprendi a desempenhar e amar, sem jamais me preocupar com outra coisa que não a simplicidade do fazer.

"A poesia é o sobretudo que me cobre. O lado de dentro e o lado de fora"

Divido com muito prazer esse pensamento e essa data.

Sinta-se em casa por aqui, você que passa e colhe uma fruta.







27 agosto 2012

380



Balão
ROGERIO SANTOS

escrevo e solto, por aí, meus poemas
com o zelo de um menino e seus balões juninos

o que mais posso fazer para arriscar o céu?
o que mais posso fazer para jogar com os ventos?

criar algo bonito
que se eleve e desapareça até se perder de vista
e que, na hora de cair
seja capaz de causar um grande incêndio - de poesia

26 agosto 2012

379


Escorregador
ROGERIO SANTOS

é

e só
é céu
o brilho
encantador
dos teus olhos
que vejo ao longe
qual faróis na fronte
que curva no entretanto
feito em luz, silêncio e som
rumo urgente degrau de poesia
flor do campo minado em sabores
onde és fruta temporã cintila impune
e um escorregador de palavras nos une
empresto meus versos para o nosso tombo
se tudo vira pó viro areia que assim seja em voz
poeta sem sentido quebrado vidro moído estilhaçado e atroz


13 agosto 2012

378



Navegar
ROGERIO SANTOS

navegar em águas calmas
navegar por ruas turvas
navegar nós desatentos
navegar também no vento

navegar em tempestade
navegar num fim de tarde
navegar na luz da lua
navegar pelo silêncio

navegar mesmo no grito
navegar na dor calada
navegar pelo infinito
navegar no mar estrada

navegar canto de pássaro
navegar beijo na boca
navegar novo elemento
navegar por todo tempo

navegar a flor do ventre
navegar mesmo conciso
navegar no amor urgente
navegar porque é preciso