Visualizações

14 junho 2007

102



ROGERIO SANTOS

escavado em tronco forte
de madeira nobre,
um cê,
firmou morada
no meu verso

quem vê aquela canoa
singrando mares
cortando luares
nem imagina
que é feita de resto

2 comentários:

Chris Herrmann disse...

Emocionante, arrepiante, lindo demais! Parabéns!!
E beijos.
Chris

liria porto disse...

às vezes os restos são nossa matéria prima! e como todas as primas, fica tudo lindo!
beijo