Visualizações

26 julho 2008

181



Olho nu
LÍRIA PORTO/ROGERIO SANTOS

as manhãs são loiras
as tardes são ruivas
as noites morenas

o sol
fica doido
a lua
rói as unhas
e o vento atrevido
que lambe de leve
a perna
das moças
aquece a libido
provoca umidade
hálito de chuva
& arco-íris

com essa atmosfera
todo cuidado
...todo cuidado
......todo cuidado
.................é pouco

num piscar de olhos
vamos nós
nus & naus
rodopiando
em zona
de alta pressão

6 comentários:

líria porto disse...

taí - gostei!
besos

Flavia Melissa disse...

eu incentivo porque acho bárbaro.
amei.
sem mais!

beijos

Carol Barcellos disse...

De acordo com a primeira estrofe, eu sou noite...e não é que sou mesmo? Acho a lua linda, e acho a idéia do amanhecer mais bonita que o sol em si, e a sensação mais gostosa do dia é a que vem ao final da tarde.

Beijinhos doces cristalizados!!! ;o)

JR disse...

Lindo, Líria! Maravilhoso, Rogério!

Cláudia Gonçalves disse...

Rô, belíssimo poema, cheio de imagens e movimento...adorei!
Parabéns pela parceria.

Beijoscau.

Pituco disse...

signore,atualmente,trampo com a morena...dificilmente,vejo as loiras...rs!

bacana mais essa parceria poética

namaste