Visualizações

26 fevereiro 2010

261

 
(foto de Edu Ikeda: Paranapiacaba-SP)


Domador
ROGERIO SANTOS

minha vida
pautada no cotidiano
segue sua trilha
sem grandes novidades

continuo o mesmo

um ser ou não ser
em frequente mutação

domador de dúvidas

4 comentários:

Adriana Karnal disse...

Rogério,
Ano novo, e continuas o mesmo? todos nós, na verdade....domando nossas inquietações.Feliz 2010!

Talita Prates disse...

"domador de dúvidas" é de uma força que carrega todo o poema!

muito bom, Rogério.

Bjo,

Talita
História da minha alma

Gaby Soncini disse...

Gostei de seu espaço.
Muito bom o poema, domadores de dúvidas nós.


Grande Beijo.

Ricardo Mainieri disse...

Rogério, te encontrei lá no blog da Val.
Gostei de teu poema breve. Somos, mesmo, domadores de dúvidas.

Abraço.


Ricardo Mainieri