Visualizações

20 junho 2006

37



Lacuna
ROGERIO SANTOS

Na
flor-de-lis
da
farda
que
não
vesti
reside
perfume
voraz

no
fundo
dessa
gaveta
do
tempo
notas
que
aqui
jazz

Um comentário:

vαℓéя!α tαяeℓhσ disse...

nem ia comentar mais nada depois da surpresa que tive, mas como não dizer que é um prazer ler um poema dessa categoria?