Visualizações

04 janeiro 2008

138



Pluma
(para Tatiana Parra)
ROGERIO SANTOS

um vento joga a pluma no ar
navega pelo céu devagar
te quero linda, muito linda
sol que gira à viajar
plena chama, doce hermana
faz do palco seu altar

eternamente tenha lugar
um sopro até poder respirar
te quero linda, muito linda
nuvem pétala lunar
plena bruma, pluma espuma
faz da voz meu mar

bendito ar te invada os pulmões
o teu cantar valsa aos violões
te quero linda, muito linda
flutuando pelo olhar
plena bruma, pluma espuma
luz e mantra de ninar

Um comentário:

Pituco disse...

signore,
a pluma musa é linda, mesmo!

amplexosonoros
namaste